Open Access. Powered by Scholars. Published by Universities.®

Legal Education Commons

Open Access. Powered by Scholars. Published by Universities.®

Entertainment, Arts, and Sports Law

Institution
Keyword
Publication Year
Publication
Publication Type
File Type

Articles 1 - 30 of 175

Full-Text Articles in Legal Education

Who Got Away With Murder? An Analysis And Discussion About The Death Of Sam Keating In Season 1 Of Abc’S “How To Get Away With Murder”, Katelyn Squicciarini Jun 2017

Who Got Away With Murder? An Analysis And Discussion About The Death Of Sam Keating In Season 1 Of Abc’S “How To Get Away With Murder”, Katelyn Squicciarini

Pace Intellectual Property, Sports & Entertainment Law Forum

This article will address the individuals present in the home and the events surrounding the death of Sam Keating to see if anyone actually got away with murder. The remainder of the article will outline the details surrounding Sam’s death and will address the Felony Murder Rule and accomplice liability. The point of this article is not to make determinative decisions of how a court would rule. Rather, this will address the characters in question based on relevant case law and the Pennsylvania Code of Crimes. The individuals and potential charges would be subject to prosecutorial discretion and reasonable ...


Trending @ Rwu Law: David Logan's Post: Students Go Head-To-Head With Faculty And Alums In Jeopardy! 11-9-2016, David Logan Nov 2016

Trending @ Rwu Law: David Logan's Post: Students Go Head-To-Head With Faculty And Alums In Jeopardy! 11-9-2016, David Logan

Law School Blogs

No abstract provided.


Law Library Blog (October 2016): Legal Beagle's Blog Archive, Roger Williams University School Of Law Oct 2016

Law Library Blog (October 2016): Legal Beagle's Blog Archive, Roger Williams University School Of Law

Law Library Newsletters/Blog

No abstract provided.


Commentary, Critical Legal Theory In Intellectual Property And Information Law Scholarship, Cardozo Arts & Entertainment Law Journal Spring Symposium, Sonia K. Katyal, Peter Goodrich Apr 2016

Commentary, Critical Legal Theory In Intellectual Property And Information Law Scholarship, Cardozo Arts & Entertainment Law Journal Spring Symposium, Sonia K. Katyal, Peter Goodrich

Sonia Katyal

The very definition and scope of CLS (critical legal studies) is itself subject to debate. Some scholars characterize CLS as scholarship that employs a particular methodology—more of a “means” than an “end.” On the other hand, some scholars contend that CLS scholarship demonstrates a collective commitment to a political end goal—an emancipation of sorts —through the identification of, and resistance to, exploitative power structures that are reinforced through law and legal institutions. After a brief golden age, CLS scholarship was infamously marginalized in legal academia and its sub-disciplines. But CLS themes now appear to be making a resurgence ...


Legal Writing, The Remix: Plagiarism And Hip Hop Ethics, 63 Mercer L. Rev. 597 (2012), Kim D. Chanbonpin Jun 2015

Legal Writing, The Remix: Plagiarism And Hip Hop Ethics, 63 Mercer L. Rev. 597 (2012), Kim D. Chanbonpin

Kim D. Chanbonpin

In this Article, I focus on hip hop music and culture as an access point to teach first-year law students about the academic and professional pitfalls of plagiarism. Hip hop provides a good model for comparison because most entering students are immersed in a popular culture that is saturated with allusions to hip hop. As a point of reference for incoming law students, hip hop possesses a valuable currency as it represents something real, experienced, and relatable.

Significant parallels exist between the cultures of United States legal writing and hip hop, although attempting direct analogies would be absurd. Chief among ...


, The Law School Of The Future: How The Synergies Of Convergence Will Transform The Very Notion Of “Law Schools” During The 21st Century From “Places” To “Platforms”, Jeffrey Van Detta Mar 2015

, The Law School Of The Future: How The Synergies Of Convergence Will Transform The Very Notion Of “Law Schools” During The 21st Century From “Places” To “Platforms”, Jeffrey Van Detta

Jeffrey A. Van Detta

This article discusses the disruptive change in American (and trans-national) legal education that the convergence of technology and economics is bringing to legal education. It posits, and then defends, the following assertion about "law schools of the future":

“Law schools will no longer be ‘places’ in the sense of a single faculty located on a physical campus. In the future, law schools will consist of an array of technologies and instructional techniques brought to bear, in convergence, on particular educational needs and problems.”

This paper elaborates on that prediction, discussing the ways in which technology will positively impact legal education ...


Human Rights Violations By Canadian Companies Abroad: Choc V Hudbay Minerals Inc, Susana C. Mijares Peña Sep 2014

Human Rights Violations By Canadian Companies Abroad: Choc V Hudbay Minerals Inc, Susana C. Mijares Peña

Western Journal of Legal Studies

Canadian mining corporations operating abroad represent a challenge to the international legal system and Canadian legal system in the field of human rights. Currently, there are no legal mechanisms available to ensure that these corporations abide by international standards and voluntary codes. For this reason, some argue that Canadian courts should be more active in holding Canadian companies accountable for the human rights violations of their affiliates operating abroad. The recent Ontario Superior Court of Justice decision of Choc v Hudbay Minerals suggests that for the first time, a Canadian court is ready to play a regulatory role in preventing ...


The Trading Card Effect, Adam Epstein Mar 2014

The Trading Card Effect, Adam Epstein

Adam Epstein

The purpose of this article is to demonstrate a teaching method that I have used for the last several years and have found to be effective particularly during the challenging final weeks of the semester. I reward students with trading cards for answering questions currently during an unannounced quiz to provide positive reinforcement in an engaging way. Students ultimately form teams and receive a relevant and classic football, baseball, basketball, hockey, or other trading card that they can keep as a souvenir to the class and the course. The intent is to give something to the students directly relevant to ...


The Evolution Of The Digital Millennium Copyright Act; Changing Interpretations Of The Dmca And Future Implications For Copyright Holders, Hillary A. Henderson Jan 2014

The Evolution Of The Digital Millennium Copyright Act; Changing Interpretations Of The Dmca And Future Implications For Copyright Holders, Hillary A. Henderson

Hillary A Henderson

Copyright law rewards an artificial monopoly to individual authors for their creations. This reward is based on the belief that, by granting authors the exclusive right to reproduce their works, they receive an incentive and means to create, which in turn advances the welfare of the general public by “promoting the progress of science and useful arts.” Copyright protection subsists . . . in original works of authorship fixed in any tangible medium of expression, now known or later developed, from which they can be perceived, reproduced, or otherwise communicated, either directly or with the aid of a machine or device . . . . In no ...


“Onde Está A Felicidade?", Paulo Ferreira Da Cunha Apr 2013

“Onde Está A Felicidade?", Paulo Ferreira Da Cunha

Paulo Ferreira da Cunha

Poderemos ser felizes? Passamos a maior parte do tempo a trabalhar, no emprego ou em casa, e em Portugal até dormimos cada vez menos. A aproximação à felicidade parece cada vez mais depender de como nos sentirmos no trabalho. E face à dura realidade, poderemos sonhar que todos sejam felizes no trabalho, ou tal será uma quimera?


“Onde Está A Felicidade", Paulo Ferreira Da Cunha Apr 2013

“Onde Está A Felicidade", Paulo Ferreira Da Cunha

Paulo Ferreira da Cunha

Poderemos ser felizes? Passamos a maior parte do tempo a trabalhar, no emprego ou em casa, e em Portugal até dormimos cada vez menos. A aproximação à felicidade parece cada vez mais depender de como nos sentirmos no trabalho. E face à dura realidade, poderemos sonhar que todos sejam felizes no trabalho, ou tal será uma quimera?


“Onde Está A Felicidade?", Paulo Ferreira Da Cunha Apr 2013

“Onde Está A Felicidade?", Paulo Ferreira Da Cunha

Paulo Ferreira da Cunha

Poderemos ser felizes? Passamos a maior parte do tempo a trabalhar, no emprego ou em casa, e em Portugal até dormimos cada vez menos. A aproximação à felicidade parece cada vez mais depender de como nos sentirmos no trabalho. E face à dura realidade, poderemos sonhar que todos sejam felizes no trabalho, ou tal será uma quimera?


“Onde Está A Felicidade?", Paulo Ferreira Da Cunha Apr 2013

“Onde Está A Felicidade?", Paulo Ferreira Da Cunha

Paulo Ferreira da Cunha

Poderemos ser felizes? Passamos a maior parte do tempo a trabalhar, no emprego ou em casa, e em Portugal até dormimos cada vez menos. A aproximação à felicidade parece cada vez mais depender de como nos sentirmos no trabalho. E face à dura realidade, poderemos sonhar que todos sejam felizes no trabalho, ou tal será uma quimera?


Crime Virtuoso, Paulo Ferreira Da Cunha Mar 2013

Crime Virtuoso, Paulo Ferreira Da Cunha

Paulo Ferreira da Cunha

Neste artigo discute-se o que há de profundo e o que há de circunstancial na mania das fotocópias de livros e os problemas conexos da educação e da edição.


Para Uma Desconstrução Social E Política, Paulo Ferreira Da Cunha Feb 2013

Para Uma Desconstrução Social E Política, Paulo Ferreira Da Cunha

Paulo Ferreira da Cunha

Feira de vaidades, sociedade de enganos, mundo de aparências, a pólis em tempo de crise profunda mostra rostos que não são a sua alma, se é que ainda a tem (e não a vendeu já: por exemplo ao diabo). É preciso olhar raio X para ver através das cortinas de fumo quando, na comunidade política, por um lado se quer parecer o que se não é, ou meramente se pretende demostrar o que se pensa, sem se ter já qualquer veleidade de alterar o que está aí. Quando as consciências morais - ou quem a tal aspire - se limitam a querer ...


Vencer A Crise. Ética, Psicologia E Partidos, Paulo Ferreira Da Cunha Jan 2013

Vencer A Crise. Ética, Psicologia E Partidos, Paulo Ferreira Da Cunha

Paulo Ferreira da Cunha

Crise e medidas de liofilização e compressão ensurdecem toda a comunicação social. Há contudo que analisar as raízes psicológicas da crise e da crise sobre a crise, e urgentemente regenerar os partidos, sob pena de sempre se ter "mais do mesmo". Ou então muito diferente, porque a obstinação de uns levará à obstinação de outros. E se a II República não mostrar que vale a pena, poderá vir (o diabo não nos oiça) uma anti-república que se chamará IV (porque contará também o Estado Novo) a tentar resolver tudo à força.


Commentary, Critical Legal Theory In Intellectual Property And Information Law Scholarship, Cardozo Arts & Entertainment Law Journal Spring Symposium, Sonia K. Katyal, Peter Goodrich Jan 2013

Commentary, Critical Legal Theory In Intellectual Property And Information Law Scholarship, Cardozo Arts & Entertainment Law Journal Spring Symposium, Sonia K. Katyal, Peter Goodrich

Faculty Scholarship

The very definition and scope of CLS (critical legal studies) is itself subject to debate. Some scholars characterize CLS as scholarship that employs a particular methodology—more of a “means” than an “end.” On the other hand, some scholars contend that CLS scholarship demonstrates a collective commitment to a political end goal—an emancipation of sorts —through the identification of, and resistance to, exploitative power structures that are reinforced through law and legal institutions. After a brief golden age, CLS scholarship was infamously marginalized in legal academia and its sub-disciplines. But CLS themes now appear to be making a resurgence ...


Sports Law, Adam Epstein Dec 2012

Sports Law, Adam Epstein

Adam Epstein

No abstract provided.


Missouri Sports Law, Adam Epstein Dec 2012

Missouri Sports Law, Adam Epstein

Adam Epstein

The purpose of this paper is to present a brief perspective and overview on how individuals and teams associated with the state of Missouri have had an impact on sports law in general. This article synthesizes Missouri-related cases and decisions, demonstrating that the legal issues are quite broad and varied in this area of the law. Some represent significant state and federal sports law cases including those that have been initiated in or traveled through Missouri via the Eighth Circuit Court of Appeals.


Surveying Colorado Sports Law, Adam Epstein Dec 2012

Surveying Colorado Sports Law, Adam Epstein

Adam Epstein

The purpose of this article is to provide an overview and explore some of the major sports law cases that have emanated from within the four corners of the state of Colorado or maneuvered through Denver’s Tenth Circuit Court of Appeals. Colorado is a prime location for a wide range of cutting edge cases, decisions, discussions and events which have an impact on the relationship between sports and the law among the professional, amateur and recreational environments. Legal issues at Colorado-based educational institutions appear to have an affinity for and history of exposing and challenging the authority of NCAA ...


Taxing Missy: Operation Gold And The 2012 Proposed Olympic Tax Elimination Act, Kathryn Kisska-Schulze, Adam Epstein Dec 2012

Taxing Missy: Operation Gold And The 2012 Proposed Olympic Tax Elimination Act, Kathryn Kisska-Schulze, Adam Epstein

Adam Epstein

The purpose of this article is to explore the legal and tax environment surrounding the August 1, 2012 bill referred to as the Olympic Tax Elimination Act (OTEA) which was introduced in the U.S. Senate to exempt from gross income the prize money earned by U.S. Olympians from the United States Olympic Committee (USOC) for earning a gold, silver or bronze medal. The OTEA came at a time when American economic growth has been stagnant, and income tax issues became a hotly contested political debate for the 2012 Presidential election. The article explores how tax issues have weaved ...


Impostos E Alternativas, Paulo Ferreira Da Cunha Dec 2012

Impostos E Alternativas, Paulo Ferreira Da Cunha

Paulo Ferreira da Cunha

O Tribunal Constitucional terá que muito provavelmente apreciar o OGE para 2013. Será uma prova decisiva para a nossa democracia e a II República. Façamos entretanto um recuo e lembremos, ainda que muito sucintamente, os problemas de legitimação de qualquer tributação, e o contrato social para que remete. Será também que, como se dizia nos tempos da "dama de ferro", "there is no alternative"? Há sempre alternativas. Por isso é que há política e não mera tecnocracia. Há sempre Política. E sempre pode haver outras políticas, desde que haja políticos com coragem, imaginação e competência.


Massa E Elite. Uma Lição Da 'Renascença Portuguesa', Paulo Ferreira Da Cunha Dec 2012

Massa E Elite. Uma Lição Da 'Renascença Portuguesa', Paulo Ferreira Da Cunha

Paulo Ferreira da Cunha

Há muitos mitos e preconceitos sobre o elitismo e o seu papel em democracia. Confunde-se elite com oligarquia, por exemplo. Desde a Antiga Grécia que os regimes mais perfeitos eram mistos, em que não havia um único princípio a governar, mas vários. Hoje que as manifestações enchem as ruas e as massas podem ter maior protagonismo (já o estão a ter) é preciso refletir sobre o papel das massas e de como se relacionam com as elites. Um contributo para essa reflexão está já no movimento da Renascença Portuguesa, que se encontra em tempo de comemoração, mas também revisitação crítica ...


Da Universidade. Reflexão Jurídica Em Tempo De Crise, Paulo Ferreira Da Cunha Nov 2012

Da Universidade. Reflexão Jurídica Em Tempo De Crise, Paulo Ferreira Da Cunha

Paulo Ferreira da Cunha

Há princípios constitucionais para as Universidades. É bom que tal não se esqueça num tempo em que a Constituição está, mais que metida na gaveta, apedrejada todos os dias. E há princípios de bom senso, também. A Universidade não pode ser desvirtuada nem por asfixia financeira, nem por burocracia antidemocrática, nem por modismos que distraiam os professores (e até os estudantes) dos fins naturais e primaciais que tem: aprender e ensinar.


Brisa De Anomia - Da Constituição Real Ao Quotidiano Incompetente, Paulo Ferreira Da Cunha Nov 2012

Brisa De Anomia - Da Constituição Real Ao Quotidiano Incompetente, Paulo Ferreira Da Cunha

Paulo Ferreira da Cunha

Há vários sintomas de mal estar social, todos sabemos. Desde uma Constituição que parece ter passado a nominal ou semântica em algumas dimensões ao menos, não por culpa sua mas de quem a deveria cumprir, até ao esboroar das relações laborais e ao crescendo da insatisfação laboral de quem trabalha, a par do crescendo do desemprego, ou à falta de boa fé contratual... Sente-se ainda que muitos serviços estão a funcionar mal, mercê da precaridade dos contratos dos trabalhadores, promovidos a verdes colaboradores muitas vezes... Ainda parece, em geral, viver-se sob a lei, mas já há muitas bolsas de torto ...


O Cidadão E O Estadista, Paulo Ferreira Da Cunha Oct 2012

O Cidadão E O Estadista, Paulo Ferreira Da Cunha

Paulo Ferreira da Cunha

Fala-se muito em crise, naturalmente em mudanças políticas, e até em regeneração dos partidos. Cremos que esta é fundamental. Ou tal ocorre, ou virá, mais dia menos dia, após esta ou aquela convulsão, a ditadura e o partido único, sob qualquer bandeira, normalmente populista. Muitos estão já a atiçar o lume antipartidário e antidemocrático, como ocorreu noutros tempos. E apontando já os bodes expiatórios a sacrificar, enquanto os verdadeiros responsáveis passam ao largo... Por outro lado, não é Estadista quem quer. São precisas virtudes e qualidades. Não uma competência mitificada e abstrata. Mas projeto político e capacidade, experiência, etc.


Ecos Do Ipiranga. Autonomia, Cidadania E Justiça No Brasil, Paulo Ferreira Da Cunha Sep 2012

Ecos Do Ipiranga. Autonomia, Cidadania E Justiça No Brasil, Paulo Ferreira Da Cunha

Paulo Ferreira da Cunha

O grito do Ipiranga é um belo mito de independência. O Brasil é cultural e juridicamente uma realidade que está a construir uma interessantíssima identidade nacional, colhendo dos outros o que interessa, mas sobretudo afirmando-se com autonomia. E já pode exportar produtos jurídicos próprios, como, pela sua visibilidade, a publicidade televisiva das sessões do Supremo Tribunal Federal.


Paradigmas Jurídicos Do Ter, Paulo Ferreira Da Cunha Aug 2012

Paradigmas Jurídicos Do Ter, Paulo Ferreira Da Cunha

Paulo Ferreira da Cunha

A questão da propriedade é essencial ao Direito. A forma como com ela lida determina-o na sua essência. Por isso o primeiro grande paradigma jurídico foi o do direito objetivo, com relação de propriedade direta sobre as coisas, depois o subjetivo, em que a relação se subjetiviza e aparentemente (só aparentemente) se imaterializa, ao ponto de hoje tudo ser governado pelos Mercados sem rosto, e tem-se a esperança que possa vir a triunfar um Direito Novo, Humanista, Fraterno, em que conte mais a Pessoa que a propriedade. Este artigo recorda os momentos matinais em que se (de alguma forma miticamente ...


Direito Constitucional, Património Cultural, Paulo Ferreira Da Cunha Aug 2012

Direito Constitucional, Património Cultural, Paulo Ferreira Da Cunha

Paulo Ferreira da Cunha

Este artigo propõe o desafio teórico de se pensar o Direito Constitucional não só como como ciência de cultura (Peter Haeberle), mas ainda como património cultural, a defender também pela Cidadania.


Comunicação Política, Paulo Ferreira Da Cunha Jul 2012

Comunicação Política, Paulo Ferreira Da Cunha

Paulo Ferreira da Cunha

A sociedade de hipercomunicação e de espetáculo têm regras novas, que ainda não terão sido completamente assimiladas. Neste artigo se reflete quase aforisticamente sobre os problemas do diálogo em relação com a educação dos participantes, as bases de comunhão em que qualquer discussão tem de basear-se, o discurso do poder para o povo e do povo para o poder, as figuras deste, a perceção e a caricatura da realidade com aquele fim, e finalmente o papel comunicativo do representante.