Open Access. Powered by Scholars. Published by Universities.®

Judges Commons

Open Access. Powered by Scholars. Published by Universities.®

Articles 1 - 8 of 8

Full-Text Articles in Judges

Border Searches In The Age Of Terrorism, Robert M. Bloom Oct 2013

Border Searches In The Age Of Terrorism, Robert M. Bloom

Robert Bloom

This article will first explore the history of border searches. It will look to the reorganization of the border enforcement apparatus resulting from 9/11 as well as the intersection of the Fourth Amendment and border searches generally. Then, it will analyze the Supreme Court's last statement on border searches in the Flores-Montano27 decision, including what impact this decision has had on the lower courts. Finally, the article will focus on Fourth Amendment cases involving terrorism concerns after 9/11, as a means of drawing some conclusions about the effect the emerging emphasis on terrorism and national security concerns ...


Faculty Colloquia, Spring 2010 Series, Royce Barondes, Kimberle Crenshaw, Chris Elmendorf, Michael Kang, Oliver Moreteau, Deborah Pearlstein, Richard Peltz, Nirej Sekhon, Stephanie Stern, Lee-Ford Tritt, Michael Zimmer Oct 2013

Faculty Colloquia, Spring 2010 Series, Royce Barondes, Kimberle Crenshaw, Chris Elmendorf, Michael Kang, Oliver Moreteau, Deborah Pearlstein, Richard Peltz, Nirej Sekhon, Stephanie Stern, Lee-Ford Tritt, Michael Zimmer

Lee-ford Tritt

Spring 2010 Presenters January 25: Royce Barondes (University of Missouri School of Law), ABA Ratings of Federal District Court Judges and the Likelihood of a Shepard’s Warning Signal February 1: Stephanie Stern (Loyola University Chicago School of Law), The Inviolable Home: From Iconic Property to Relational Privacy in the Fourth Amendment February 8: Michael Kang (Emory University School of Law), Sore Loser Laws February 15: Oliver Moreteau (LSU Paul M. Hebert Law Center), The Future of Civil Codes in Europe February 22: Deborah Pearlstein (Princeton University Woodrow Wilson School for Public and International Affairs), After Deference: Formal Approaches to ...


“Onde Está A Felicidade?", Paulo Ferreira Da Cunha Apr 2013

“Onde Está A Felicidade?", Paulo Ferreira Da Cunha

Paulo Ferreira da Cunha

Poderemos ser felizes? Passamos a maior parte do tempo a trabalhar, no emprego ou em casa, e em Portugal até dormimos cada vez menos. A aproximação à felicidade parece cada vez mais depender de como nos sentirmos no trabalho. E face à dura realidade, poderemos sonhar que todos sejam felizes no trabalho, ou tal será uma quimera?


“Onde Está A Felicidade?", Paulo Ferreira Da Cunha Apr 2013

“Onde Está A Felicidade?", Paulo Ferreira Da Cunha

Paulo Ferreira da Cunha

Poderemos ser felizes? Passamos a maior parte do tempo a trabalhar, no emprego ou em casa, e em Portugal até dormimos cada vez menos. A aproximação à felicidade parece cada vez mais depender de como nos sentirmos no trabalho. E face à dura realidade, poderemos sonhar que todos sejam felizes no trabalho, ou tal será uma quimera?


“Onde Está A Felicidade", Paulo Ferreira Da Cunha Apr 2013

“Onde Está A Felicidade", Paulo Ferreira Da Cunha

Paulo Ferreira da Cunha

Poderemos ser felizes? Passamos a maior parte do tempo a trabalhar, no emprego ou em casa, e em Portugal até dormimos cada vez menos. A aproximação à felicidade parece cada vez mais depender de como nos sentirmos no trabalho. E face à dura realidade, poderemos sonhar que todos sejam felizes no trabalho, ou tal será uma quimera?


Crime Virtuoso, Paulo Ferreira Da Cunha Mar 2013

Crime Virtuoso, Paulo Ferreira Da Cunha

Paulo Ferreira da Cunha

Neste artigo discute-se o que há de profundo e o que há de circunstancial na mania das fotocópias de livros e os problemas conexos da educação e da edição.


Para Uma Desconstrução Social E Política, Paulo Ferreira Da Cunha Feb 2013

Para Uma Desconstrução Social E Política, Paulo Ferreira Da Cunha

Paulo Ferreira da Cunha

Feira de vaidades, sociedade de enganos, mundo de aparências, a pólis em tempo de crise profunda mostra rostos que não são a sua alma, se é que ainda a tem (e não a vendeu já: por exemplo ao diabo). É preciso olhar raio X para ver através das cortinas de fumo quando, na comunidade política, por um lado se quer parecer o que se não é, ou meramente se pretende demostrar o que se pensa, sem se ter já qualquer veleidade de alterar o que está aí. Quando as consciências morais - ou quem a tal aspire - se limitam a querer ...


Vencer A Crise. Ética, Psicologia E Partidos, Paulo Ferreira Da Cunha Jan 2013

Vencer A Crise. Ética, Psicologia E Partidos, Paulo Ferreira Da Cunha

Paulo Ferreira da Cunha

Crise e medidas de liofilização e compressão ensurdecem toda a comunicação social. Há contudo que analisar as raízes psicológicas da crise e da crise sobre a crise, e urgentemente regenerar os partidos, sob pena de sempre se ter "mais do mesmo". Ou então muito diferente, porque a obstinação de uns levará à obstinação de outros. E se a II República não mostrar que vale a pena, poderá vir (o diabo não nos oiça) uma anti-república que se chamará IV (porque contará também o Estado Novo) a tentar resolver tudo à força.